Rio de Janeiro

Voltar

Debate de extremos e provocações atrapalham pauta de reformas, avalia Moreira Franco

06/11/2020 - 13:46

O governo Bolsonaro vai precisar de um plano claro e posicionamento firme para garantir uma retomada econômica após a crise do novo coronavírus. A avaliação é do ex-ministro de Minas e Energia do governo Temer, Wellington Moreira Franco, em entrevista exclusiva ao Brasilianista.

“As reformas baseadas no conhecimento científico e nas experiências bem sucedidas deverão orientar as propostas dos governos. É assim que está ocorrendo no mundo e é dessa forma que deve ocorrer aqui”, avalia.

Moreira Franco é ex-governador do Rio de Janeiro. Recentemente, ocupou três posições no governo Temer: foi secretário do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência e ministro de Minas e Energia.

Porém, uma de suas maiores contribuições para o governo foi o programa “Uma Ponte para o Futuro”, que, a partir de estudos econômicos e sociais, traçou as metas que viriam a pautar as políticas públicas do governo Temer e os primeiros anos do governo Bolsonaro.

Foi esse documento, que faz 5 anos em 2020, que inspirou a criação do Teto de Gastos, do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), da Reforma do Ensino Médio e que estruturou a Reforma da Previdência, aprovada já durante o governo Bolsonaro.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.



Deixe um comentário

O seu e-mail nunca vai ser publicado. Campos obrigatórios *

*
*