1390322881-2-lustosa

Paulo de Tarso Lustosa da Costa, nascido em Sobral (CE), em 1944, foi presidente da Fundação Ulysses Guimarães entre os anos de 1997 e 1999. Eleito deputado federal em 1978 pela ARENA e em 1982 pelo PDS, criou e foi o primeiro presidente da comissão de defesa do consumidor na Câmara dos Deputados.

Entre 1984 e 1985 participou ativamente do processo de redemocratização e das Diretas Já, sendo o primeiro parlamentar não vinculado ao PMDB a apoiar a candidatura presidencial de Tancredo Neves. Logo depois, já filiado ao PFL, foi indicado por Tancredo Neves para compor o governo como Ministro da Desburocratização.

Em 1987, assumiu a presidência do então Cebrae, que para evitar sua extinção na reforma administrativa do governo Collor, passou a se chamar Sebrae, tornando-se o primeiro presidente do órgão. Em 1992 foi Secretário de Indústria e Comércio do Governo Edison Lobão, no Maranhão, e secretário-executivo do Ministério da Integração Regional.

Na eleição de 1994 ficou como suplente de deputado federal pelo PMDB, sendo efetivado após a renúncia do titular em 1997. Entre 2004 e 2005 foi secretário-executivo do Ministério das Comunicações. Em seguida, foi presidente da Fundação Nacional de Saúde, entre 2005 e 2007. Atualmente, Paulo de Tarso Lustosa é membro do Conselho superior de economia da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo.