Voltar

PMDB/MT prepara militantes para o exercício de cargos eletivos

02/03/2008 - 03:00

Militantes do PMDB de 23 municípios de Mato Grosso participaram hoje (08/12) do primeiro encontro do partido com o objetivo de formar os futuros candidatos às eleições municipais de 2008. Ao todo serão formados mais de 16 mil militantes e simpatizantes do partido em todo o estado, em um curso de formação política. Nesta primeira etapa, serão capacitados militantes de 46 municípios.

O encontro foi realizado no “Plenarinho” da Câmara Municipal de Cuiabá, com a presença do -governador em exercício de Mato Grosso, Silval Barbosa, do deputado federal e presidente regional do partido, Carlos Bezerra, e da presidente estadual da Fundação Ulisses Guimarães, Teté Bezerra, além de dezenas de vereadores e dirigentes partidários de todo o Estado.

A estratégia do partido é preparar seus militantes para que se saiam bem na campanha eleitoral do ano que vem, mas, acima de tudo, uma vez eleitos para cargos políticos, saibam exercê-lo da melhor maneira possível.

“É comum a pessoa se eleger e não entender nada sobre o funcionamento da política e da administração pública. Há mesmo muitos candidatos praticamente analfabetos”, disse Carlos Bezerra, na abertura do encontro. “É isso que queremos reverter com esse curso”, salientou.

Realizado pelo método de ensino à distância, o curso terá 60 horas de duração, com aulas por vídeo-conferência, CD’s, DVD’s, apostilas e debates mediados por monitores. O conteúdo foi elaborado em conjunto pela Universidade de Brasília (UnB) e pela Ulbra, do Rio Grande do Sul. Neste estado, por sinal, 12 mil peemedebistas já foram formados com este método, que está sendo estendido a todo o Brasil.

Em Mato Grosso o PMDB dividiu o Estado em 11 regionais. A princípio serão atingidos os 46 municípios de Mato Grosso com mais de 10 mil eleitores (o que corresponde a 76% do eleitorado total).

Em seguida, peemedebistas de todos os outros municípios do Estado também serão convidados a participar do curso. Em torno de 400 pessoas serão preparadas e ficarão responsáveis por repassar o conhecimento aos 16 mil militantes do partido no Estado. Pelo cronograma do curso, todos deverão estar formados até 30 de setembro de 2008.

Ao final do curso, o militante deverá ter condições de, além de pleitear cargos públicos, de participar da elaboração de programas de governos e de participar de instâncias como conselhos municipais e estaduais e outras entidades públicas.

“Trata-se da maneira mais barata de formar bons políticos”, disse o vice-governador Silval Barbosa. “Se todos os nossos militantes se dedicarem, com toda a certeza faremos a diferença nas eleições do ano que vem”.

Para Teté Bezerra, a formação de uma grande base de militantes tem ainda um ganho adicional. “O PMDB precisa de novas bandeiras de luta, além daquelas que tradicionalmente nós defendemos, como a da busca pela democratização do país”, afirma ela. “E é só no estreitamento da relação entre a militância e a direção do partido é que vamos conseguir saber quais são de fato os anseios da sociedade para poder agir em sintonia com ela”.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.



Deixe um comentário

O seu e-mail nunca vai ser publicado. Campos obrigatórios *

*
*