Voltar

Paulo Baía realiza palestra de abertura do “Circuito Pensando o Futuro” em Canoas, Rio Grande do Sul

02/03/2016 - 15:24

Promover a discussão de uma nova proposta para o Brasil:
esse é o objetivo do Circuito Pensando o Futuro, projeto da FUG/RS em parceria
com a União
Estadual de Estudantes (UEE).

A iniciativa tem o objetivo de reunir jovens das 25 maiores
universidades do estado para debater propostas de interesse da juventude. Os
relatórios gerados durante as discussões e seminários serão levados até o
Congresso Estadual Pedro Simon, da UEE, que será realizado nos dias 2 e 3 de
abril.  

O lançamento do Circuito acontece nesta quarta-feira, 02, às
19h30, no campus da Ulbra Canoas, com a palestra do cientista político e professor
da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Paulo Baía, que abordará o tema “Ética
na política e os desafios da Juventude”.

“Vou falar sobre um tema que é recorrente: vou falar
sobre ética na vida pública e na política. Eu trabalho com a concepção de que a
ética é uma ética de discussão, de argumentação – que forma o espaço público,
o território e as definições de convívio social. As regras de convivência
precisam ser estabelecidas no diálogo por todos aqueles que participam e não na
imposição do que é certo ou errado”, destaca Baía.

Conforme Baía, o
Circuito Pensando o Futuro é um projeto oportuno e necessário para o momento estadual
e nacional do País. “É importante que se discuta o espaço público e suas regras
de convivência. E quando falo isso, a ética envolve comportamentos individuais
e no espaço público. Toda vez que tomamos alguma decisão – seja ela íntima, individual,
ou coletiva – você está praticando um ato ético”, afirma.

De acordo o presidente da FUG/RS, João Alberto Machado, a proposta do Circuito é a de transformar a vida dos
cidadãos através da participação social dos jovens. “Através do debate, teremos
partidos e governos melhores com futuras gerações bem formadas politicamente”,
explica. “Estamos construindo um entendimento que é necessário para a
verdadeira reforma política”.

Clique aqui e confira o restante da programação. 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.



Deixe um comentário

O seu e-mail nunca vai ser publicado. Campos obrigatórios *

*
*