Voltar

O melhor do RS são os gaúchos

04/01/2021 - 18:27

A possibilidade de habilitação e também de reabilitação da capacidade produtiva do Rio Grande do Sul está ligada diretamente à educação. Produção tem a ver com potencial de desenvolver ideias para colocar o conhecimento em prática.

As mãos não conseguem produzir o que a cabeça não conhece. Por isso, é primordial garantir que o processo produtivo seja atrelado ao treinamento e à participação, especialmente dos desempregados, sejam jovens ou não. Essas pessoas têm nome, sobrenome, endereço, famílias e podem ser transformadas em fonte de prosperidade coletiva.

A curva do desemprego pode ser invertida quando se investe estrategicamente. O RS é rico em potencialidades e deve apostar na sua mão de obra para fazer a roda do desenvolvimento girar. E é através da aptidão detectada em cada um que o estado poderá se reerguer economicamente.

Se conseguirmos fazer uma espécie de censo onde estejam apontadas as habilidades ou pré-disposições dessa gama de pessoas, teremos a saída para qualquer crise e a possibilidade de saber onde e como investir em qualificação, gerando trabalho e renda.

Estado, municípios, universidades e sistema “S” têm os meios para pôr esse projeto em prática, desde que haja vontade política de todos.

Universidades, por exemplo, são laboratórios de soluções, onde os alunos precisam estar inseridos na sociedade com os pés no chão desde o começo dos estudos. Dessa forma, garantiremos uma importante parcela de trabalhadores qualificados, identificados com sua região e comprometidos com o futuro.

São ferramentas simples, mas com poder de multiplicar a economia e transformar a vida das pessoas que muitas vezes estão à margem única e exclusivamente pela falta de oportunidade. Mas não qualquer oportunidade e, sim, aquela que atenda às suas capacidades e o que possa gerar retorno para sociedade.

O melhor do RS são os gaúchos. Precisamos achar a potencialidade de cada um para crescermos o quanto podemos.

*Presidente do Conselho Curador da FUG, do MDB-RS

e Deputado Federal

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.



Deixe um comentário

O seu e-mail nunca vai ser publicado. Campos obrigatórios *

*
*