Voltar

MDB e FUG-SP realizam seminário sobre as Eleições 2020 e a Reforma Tributária

02/07/2019 - 14:19

   O Diretório do MDB e a filial da Fundação Ulysses Guimarães em São Paulo reuniram, na noite de ontem (1), as lideranças políticas federais e estaduais para debaterem sobre as Eleições 2020 e as Convenções Municipais. O encontro aconteceu na Assembleia Legislativa do estado e contou com a presença do presidente do MDB-SP e deputado federal, Baleia Rossi, do presidente da FUG-SP, Rodrigo Arenas, o secretário da gestão da FUG Nacional, Chico Donato, o conselheiro da FUG Nacional, Evandro Mesquita, o ex-governador, Luiz Antônio Fleury Filho, representantes dos Núcleos Jovem, Sindical e Mulher do MDB, vereadores, prefeitos, colaboradores da FUG-SP.

Além das Eleições 2020 e as Convenções, os presentes puderam conhecer e debater sobre a Reforma Tributária, proposta apresentada pelo MDB na Câmara Federal. A PEC 45/2019, que trata da temática, é de autoria do líder do MDB na Câmara, Baleia Rossi. “Nós tivemos o apoio de quase todos os partidos, que votaram a favor da admissibilidade da nossa proposta na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara. Este assunto, depois da Previdência, será prioridade número 1 do Congresso Nacional”, lembrou Rossi.

Para debaterem sobre o tema foi convidado o economista Bernard Appy, um dos colaboradores da PEC 45.

“Além de unificar cinco tributos, a nossa PEC corrige distorções do sistema tributário e a acaba com a guerra fiscal”, afirmou Baleia Rossi. Ele também ressaltou que o Governo do MDB, presidido por Michel Temer, pegou uma economia destruída e, com algumas medidas sugeridas pelo Governo e aprovadas pelo Congresso, como a Reforma Trabalhista, a PEC do Teto de Gastos, a Reforma do Ensino Médio e outros, foi possível e importantes para melhorar o ambiente econômico do país.

Baleia Rossi frisou que esta PEC é uma proposta do MDB para o país. “Precisamos avançar ainda mais na economia do país. Essa é uma proposta do nosso Partido, o MDB, ao país. Essa reforma será a ‘mãe’ de todas as reformas. O parlamento tem a oportunidade de votar uma Reforma Tributária que dará competitividade para todos que produzem nesse país”.

O economista Bernard Appy afirmou que um bom sistema tributário é simples, fácil de ser aplicado, neutro e transparente. “A PEC 45/2019 propõe substituir os cinco tributos atuais (PIS, Cofins, IPI, ICMS, ISS) em único tributo, o Imposto sobre Bens e Serviços (IBS). Além disso, a migração acontecerá de forma gradativa em 10 anos, pois a alíquota do IBS será uniforme e para todos os bens e serviços”.

Thatiana Souza (ASCOM-FUG) com informações do MDB-SP

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.



Deixe um comentário

O seu e-mail nunca vai ser publicado. Campos obrigatórios *

*
*