Voltar

Fundação Ulysses Guimarães realiza cursos em cidades do sul do Piauí

09/07/2018 - 13:17

Piauí-1 Piauí-2 Piauí-3

Piauí-2

Piauí-3

A filial da Fundação Ulysses Guimarães do Piauí (FUG-PI) colocou o pé na estrada na semana que passou, rumo às cidades de Redenção do Gurguéia, Júlio Borges e Curimatá, no extremo-sul do Estado, distantes em média 900 quilômetros ao sul de Teresina.
A Caravana de Formação teve como mediadores a coach Patrícia Gomes, que ministrou palestra sobre Líderes de Sucesso e os cursos de Oratória e de Políticas Públicas de Gênero, e a advogada Cires Guerra, responsável pela idealização e organização do evento.
Os cursos foram realizados entre os dias 4 e 8 de julho. Em Redenção do Gurguéia, primeiro dos três municípios a receber a caravana. Os eventos contaram com a presença e participação do prefeito de Redenção do Gurguéia, Angelo Sena, conhecido por “Dr. Macaxeira”; e em Júlio Borges, do vice-prefeito Eufrázio Pereira de Oliveira.
“Como gestor, fico muito feliz em receber cursos como esses que a Fundação Ulysses Guimarães nos oferece, porque sabemos que a capacitação e o preparo são as armas para enfrentarmos a vida e melhorarmos a gestão. E, fazendo isso, estamos contribuindo para o engrandecimento do nosso povo”, declarou o prefeito Dr. Macaxeira.
A FUG-PI percorreu 1600 quilômetros no extremo-sul do Piauí com o objetivo de levar conhecimento e cidadania aos piauienses, por meio de seus cursos. A maratona de cursos e eventos da Caravana da FUG-PI foi encerrada em Curimatá, com o “Seminário de Cidadania para a Terceira Idade”, que contou com a participação de quase 80 idosos e a colaboração de mulheres transformadoras, que se mobilizaram para a realização, como a vereadora Luziene Vogado.
Em Curimatá,  foi realizada ainda aula inaugural do curso Dicção e Oratória na Escola Desembargador Amaral, para os alunos do ensino médio e, na Fundação Alírio Guerra, para a população em geral.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.



Deixe um comentário

O seu e-mail nunca vai ser publicado. Campos obrigatórios *

*
*