Voltar

FUG/PE realiza palestra com Ricardo Paes de Barros

21/03/2016 - 11:03

Debater temas relacionados à realidade do Brasil em uma série de seminários: essa é a proposta da Fundação Ulysses Guimarães de Pernambuco e do PMDB do estado. O primeiro encontro foi realizado na última quinta-feira, 17, em Recife, e teve como tema “É possível fazer a reforma do Estado brasileiro, sem penalizar os mais pobres”.

O palestrante foi o economista Ricardo Paes de Barros – inspirador do Programa Bolsa Família e conhecido como um dos maiores entendedores de políticas de combate à pobreza no mundo – que  explicou o porquê da desigualdade no Brasil ainda ser tão grande.

“O problema do País é não gastar, ou gastar muito mal, com o pobre. O Brasil é muito segmentado e, por isso, é fácil saber onde essa população mais pobre está; é fácil organizar os cortes orçamentários, que precisam ser gigantescos, para que o pobre não seja prejudicado. Enquanto isso, é preciso arrumar a política social, focando no mais pobre. Assim, é possível diminuir gastos, aumentar a eficiência, reduzir a pobreza e conseguir um equilíbrio orçamentário. A pior coisa para o pobre é um governo sem rumo e uma crise de longa duração”.

Para encerrar, o presidente estadual da legenda e vice-governador de Pernambuco, Raul Henry, reforçou sobre o intuito do PMDB/ PE em abrir espaço no Partido para promover debates mensais, com a intenção de discutir o país. “É preciso um consenso. Temos que sentar em torno de uma mesa, e ter liderança política, para superar esse momento de trauma, de grande crise e grande confronto no Brasil. Só assim, vamos conseguir executar a agenda nacional, que pode construir um futuro melhor para todos”, afirmou.

Sob o comando de Henry, e do presidente da FUG-PE, Murilo Cavalcanti, o encontro, que aconteceu no Mercure Recife Mar Hotel, reuniu cerca de 200 pessoas. Entre os presentes, os secretários estaduais Thiago Norões (Desenvolvimento Econômico), Marcos Baptista (Habitação) e Sérgio Xavier (Meio Ambiente); os secretários municipais Antônio Alexandre (Planejamento Urbano) e Jayme Asfora (Juventude); além de prefeitos e vice-prefeitos de várias cidades, lideranças políticas e membros da sociedade civil.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.



Deixe um comentário

O seu e-mail nunca vai ser publicado. Campos obrigatórios *

*
*