Voltar

Fogo no pavio da Previdência

26/07/2017 - 17:07

É preciso parar de fazer coro contra o País, como indica o editorial do jornal O Estado de S. Paulo de hoje. Precisamos de um sistema mais justo de aposentadoria, que proteja os mais pobres e as gerações futuras sem deixar de contribuir para um ambiente fiscal que gere confiança interna e externa.

Por jornal O Estado de São Paulo

Centenas de milhões de reais podem ser perdidos por mês com o atraso nas reformas. Os problemas se acumulam e se agravam enquanto o joguinho político entrava decisões.

O governo deixará de economizar R$ 18,6 bilhões ao longo de dois anos, se a reforma da Previdência ficar para depois das eleições de 2018, segundo estimativa do Ministério da Fazenda. A divulgação desse número pelo Estado lembra um fato importante, negligenciado com frequência, mas tão inexorável quanto a sucessão dos dias e das estações. Centenas de milhões de reais podem ser perdidos por mês, com o atraso na implantação da agenda de reformas, porque os problemas nacionais se acumulam e se agravam, enquanto o joguinho político entrava decisões essenciais. Ao mesmo tempo, as soluções necessárias se tornam mais complicadas e mais dolorosas. Congressistas parecem raramente se lembrar dessa realidade simples e incontornável. Curiosamente, os parlamentares se mostram muito conscientes de fatos semelhantes, quando se trata de sua saúde. Não deixam para mais tarde o exame ou o tratamento num hospital bem recomendado, de preferência algum dos mais famosos e mais caros de São Paulo ou do Rio de Janeiro.

Como as doenças graves, os desarranjos mais sérios da economia nacional tendem a se agravar quando tratados com desleixo. Isso é evidente quando se afrouxa ou se adia o combate à inflação, quando se menospreza o agravamento da situação cambial e também, é claro, quando se retardam os cuidados com um desajuste crescente das finanças públicas. No Brasil, muitos males corroem as contas de governo, e um dos mais severos é o descompasso cada vez mais visível entre receitas e despesas da Previdência Social.

Leia: http://bit.ly/2tYoixx

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.



Deixe um comentário

O seu e-mail nunca vai ser publicado. Campos obrigatórios *

*
*