Voltar

Dia mundial do Meio ambiente é pauta na FUG

04/06/2021 - 20:40

O Dia Mundial do Meio Ambiente é comemorado no dia 05 de junho. Data em que o mundo volta a sua atenção para sensibilizar e impulsionar ações que combatam os problemas ambientais urgentes. A Fundação Ulysses Guimarães (FUG) atenta aos problemas ambientais ouviu o núcleo Socioambiental do MDB e os parlamentares que compõem a Comissão de Meio Ambiente.

O presidente do núcleo ambiental, Breno Carone, afirmou que “estamos contribuindo muito, país afora, com os nossos vereadores, prefeitos, vice-prefeitos, deputados. Na Câmara Federal tivemos uma forte atuação na aprovação do novo marco regulatório do saneamento. O MDB Socioambiental está presente nas pautas e nas discussões, tanto que conseguimos eleger diversos vereadores e prefeitos, que são ligados a pauta socioambiental. A questão da mudança climática é um tema mundial que requer atenção”.

Sobre o desmatamento, Breno alertou que “é um problema não só do governo federal, mas dos estaduais. Precisamos trabalhar na questão da fiscalização, dos projetos para a recuperação do meio ambiente. E nessa batalha é importante a participação do Congresso Nacional para a preservação não só da Amazônia, mas de outros biomas naturais que também estão sendo devastados”.

O vice-presidente da Comissão de Meio Ambiente (CMA) do Senado, Confúcio Moura (RO), disse que a data é extremamente importante. “O que o Congresso Nacional e a sociedade podem fazer para contribuir para que o meio ambiente seja saudável, é justamente lutar contra a agressão de leis que venham prejudicar principalmente a questão do desmatamento da Amazônia, do Cerrado, do Pantanal, enfim, de todos os biomas brasileiros importantíssimos para o mundo inteiro. Precisamos formar cidadãos mais compromissados com o meio ambiente saudável”.

O senador Veneziano Vital do Rêgo (PB), membro da CMA, assegurou que o Congresso Nacional está tendo uma postura de responsabilidade e de equilíbrio para discutir o tema. “O Brasil não pode tornar-se aos olhos do mundo, um país que não tenha preocupações práticas e efetivas contra a devastação do meio ambiente. A CMA mesmo com as limitações por força dessa realidade pandêmica, está trabalhando e discutindo projetos e propostas importantes de políticas de respeito ao meio ambiente, cobrando iniciativas do governo federal.”

O senador Marcio Bittar (AC), também membro da CMA, observou que a sociedade, o Congresso, a FUG, e toda a sociedade, devem voltar os olhos para um conjunto de ações que promovam o Saneamento Básico, um direito garantido por lei na Constituição, que previne doenças , melhora a qualidade de vida, a produtividade, a atividade econômica e que vai além da garantia de abastecimento de água, esgotamento sanitário, limpeza urbana e drenagem. “O saneamento básico não é só água tratada, coleta e tratamento dos esgotos , é também redução da mortalidade infantil, melhorias nos índices de educação, diminuição das internações por doenças de veiculações hídricas no Acre e no país. Existem estudos relevantes que apontam que em vinte anos (2016 a 2036), o valor gasto, seja pelos afastamentos do trabalho, seja pelas despesas com internação no SUS, deva alcançar R$ 5,9 bilhões”, alertou.

A secretária nacional do MDB Socioambiental, Vânia Cristina, que também é mestre em Direito Ambiental, disse que “infelizmente esse dia 5 não há muito a ser comemorado, porque houve aumento da degradação ambiental”. Ela lembrou que a questão do desmatamento na Amazônia tem preocupado.

Parcerias – O núcleo socioambiental e a FUG tem realizado, em parceria, encontros virtuais para discutir projetos e propostas de conscientização para preservação do meio ambiente. “Os projetos são voltados para conscientização ambiental. O MDB é protagonista nessa pauta do meio ambiente entre os partidos. Enviamos para a FUG um projeto de curso onde possamos discutir sobre a importância do licenciamento ambiental, do saneamento, dos recursos hídricos. São pautas que são corriqueiras em todos os municípios da federação”, apontou Breno Carone.

Thatiana Souza

Assessoria de Comunicação Social FUG

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.



Deixe um comentário

O seu e-mail nunca vai ser publicado. Campos obrigatórios *

*
*