Voltar

Concessões e municípios

23/06/2017 - 16:05

Os documentos Uma Ponte para o Futuro e Travessia Social mostram a importância de investir em infraestrutura. Por meio de concessões à iniciativa privada, a resposta é rápida e o aumento de postos de empregos logo pode ser sentido. Com aproximadamente 16% dos desempregados ligados à construção predial, a construção de ferrovias, rodovias, terminais portuários e programas de habitação beneficiará não só áreas como mobilidade, infraestrutura e a economia do país, mas também aumentará a renda dos brasileiros.

 

Por MARIO HUMBERTO MARQUES, Jornal DCI

Problemas na infraestrutura demandam investimentos em milhares de obras
– O setor de infraestrutura e as empresas da construção vêm experimentando grandes desafios há mais de três anos. Além das dificuldades de recebimento de contratos firmados, de financiamento para obras licitadas e da aprovação de reinvindicações justas, que são importantes para a continuidade dos poucos projetos em andamento, faltam projetos bem elaborados, já que as licitações vêm sendo feitas por meio de um projeto básico, no caso da Lei 8.666, ou por meio de um anteprojeto, no caso do Regime Diferenciado de Contratação (RDC). Isso traz incertezas em relação à execução da obra porque fatos que não foram devidamente previstos e estimados tem que ser levados em conta.Em 2017, a média geral o faturamento estimado dessas companhias deve ter uma queda de cerca de 40% em relação a 2015.Por outro lado, o cenário deve melhorar, com as intenções do governo em promover concessões importantes no curto e médio prazos. Entre as anunciadas algumas já foram realizadas: os quatro aeroportos regionais e a concessão de 35 linhas de transmissão, sendo que 31 foram contratadas com valor abaixo do teto em cerca de 30%. Há ainda a determinação de realizar a concessão de três trechos ferroviários importantes: a ferrovia que permitirá escoar os grãos do Centro-Oeste, a FIOL, que permitirá escoar o minério de ferro para o Porto Ilhéus, e o trecho da Norte-Sul, que vai de Palmas (TO) até Estrela d Oeste (SP), e a concessão das BR-364/BR-365 entre Jataí (GO) e Uberlândia (MG), cuja ligação até o Porto de Santos poderá ser realizada através das rodovias paulistas.

Leia mais: http://bit.ly/2t2TO0R

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.



Deixe um comentário

O seu e-mail nunca vai ser publicado. Campos obrigatórios *

*
*